ERPI de Sintra

Jul 27, 2020

A Quinta de Santo António encontra-se numa zona de limite entre a vila mais consolidada e as áreas de construção menos densas e mais arborizadas a Noroeste, com acesso através da Rua Câmara Pestana. A área total da Quinta é de 27.320m2, com cerca de 460m2 de área de implantação de edifícios a manter e recuperar.

O projeto prevê a recuperação da imagem da Quinta de Santo António, bem como a construção de um novo corpo, cujo programa será de Estrutura de Apoio para Pessoas Idosas.

O novo edifício destinado às áreas residenciais está desenhado como se de um muro se tratasse. Um muro habitado e fragmentado em diversos volumes, estes também depois sucessivamente fragmentados em blocos que vão constituindo um conjunto de cheios e vazios.

Mas mais importante que a nova intervenção que se está a levar a cabo, importa reforçar o sentido de recuperação do legado patrimonial deste tipo de estruturas na Vila de Sintra, com a recuperação da sua frente para a Câmara Pestana, onde se incluem naturalmente os muros, o edifício “casa 1” e mais evidentemente a casa Raul Lino. Se a Casa 1 será recuperada essencialmente na sua imagem, já a casa Raúl Lino obedecerá a um rigoroso critério de restauro, obedecendo ao projeto original. Pretende-se assim recuperar e restaurar a imagem desta casa, mas também de forma clara, o valor de uma obra e do seu projeto, elo cultural fundamental na relação com o valor patrimonial mais vasto de Sintra.

Importa ainda referir a intenção, para além de preservar o coberto vegetal arbóreo existente, de prever o seu reforço, integrando novas massas arbóreas coerentes com as espécies existentes nos locais deixados livres para demolição de alguns edifícios, e no geral em redor da quinta.

Atualmente, a obra encontra-se em fase de conclusão da estrutura do edifício e início da fase dos acabamentos.

outras noticias